A META LINKFORT É POSICIONAR A EMPRESA ENTRE AS MELHORES DA AMÉRICA LATINA 

A diretoria do grupo segmentado por serviço de internet, telefonia e Tv, trabalha árdua e incansavelmente no projeto ambicioso, impulsionada pela determinação, desprendimento e desenvoltura de seus funcionários, o combustível para chegar ao objetivo pretendido é o fator competência, o que faz que o sucesso da missão seja apenas uma questão de tempo.


Aristides Barros



"O projeto é tê-la entre as melhores da América Latina", disse o empresário Gilton da Silva ao ser indagado se intenciona tornar a Linkfort Telecom uma das gigantes do ramo. A resposta veio à pergunta sobre o patamar almejado à empresa idealizada, comandada e fundada por ele há 10 anos, em Bertioga, e que hoje tem uma lista de mais de 15 mil assinantes nas cidades do Litoral de São Paulo - número que cresce diariamente.


A conversa com o site Efeito Letal seguiu um ritmo ágil, movimentado, embalado na velocidade da prestação de serviço da empresa: a internet, que na fase inicial da Linkfort era via rádio e agora chega aos clientes pelo sistema de fibra óptica, tudo seguindo as leis e recomendações da Anatel (Agência Nacional de Telefonia).


Recentemente, o grupo que também opera telefonia, conseguiu uma concessão para trabalhar Tv aberta e fechada. “Estamos com a Canal 1, Linkfort, o projeto vem sendo desenvolvido com muita atenção. Temos na planilha estudos para programas de muita interatividade com o telespectador, espaço para empresas e serviços de utilidade pública que são imprescindíveis à comunidade”, pontua o empresário.


Com o semblante reflexivo ele revela. “A ideia prioritária é levar ao ar programas educativos e culturais. Esses serão o carro chefe da emissora”, fala. “Na teoria tudo é fácil, mas a prática envolve várias situações e possibilidades, todas elas estão sendo muito bem pensadas e avaliadas. Entrar no lar das pessoas é uma responsabilidade enorme”, pondera deixando visível pretender ampla margem de acertos e, na medida do possível, nenhuma de erro.


Gilton da Silva explana. “Por menor que seja a falha a crítica é sempre maior que o evento ocorrido. A Linkfort passa algumas vezes por isso, seguido aos problemas rapidamente damos as soluções necessárias. Como seres humanos somos falhos e erramos, mas na condução de um empreendimento esse ‘dito popular’ pouco vale. Então o jeito é passar imediatamente do erro ao acerto, da falha ao conserto. Infelizmente não dá para chegar à perfeição”, lamenta.


Dilemas existenciais à parte, a empresa e seu quadro funcional altamente capacitado cumpre com determinação a tarefa de conectar seus clientes com o mundo globalizado e vai se adequando para a nova fase da Linkfort, cuja expansão corre a passos largos.


EMPRESA AMPLIA SEDE PARA MELHOR AMBIENTE DE TRABALHO DOS FUNCIONÁRIOS




A estrutura física da sede está sendo modificada para abrir o estúdio de TV, as obras já estão bem adiantadas. “Também construiremos uma mini-creche para os filhos dos funcionários e deixar um espaço para uma horta visando reforçar a alimentação do pessoal com legumes frescos, ‘tirados’ direto da terra. Acho que são coisas boas que vão repercutir positivamente na rotina de trabalho”, vislumbra Gilton da Silva.


A “humanização” no ambiente de trabalho eleva a autoestima da equipe de funcionários interna e externa, em uma situação que ilustra e resulta no bom desempenho da atividade diária. “Entre o pessoal do corpo administrativo, mais os que saem às ruas contamos com 15 funcionários. Têm ainda os ‘terceirizados’ que nos dão suporte. A empresa gera próximo de 40 empregos diretos e indiretos. Todos são muito competentes e treinados para o trabalho. Gostam do que fazem, por isso fazem afinco e desprendimento”, afirma o empresário.


Ele se orgulha do patrimônio adquirido. “Apesar de fazermos uma prestação de serviço público, tudo o que foi comprado e investido na Linkfort veio de recursos próprios. Não tem um centavo de dinheiro público injetado nessa empresa”, afirma.


“Os nossos equipamentos são de ponta. O investimento foi, é, e está sendo alto. Precisamos investir para atender as expectativas dos clientes e nivelar positivamente a nossa pontuação no mercado. Acredito muito que no dia a dia de trabalho estamos conseguindo atingir as nossas metas futuras”, observa.


“Sinto isso hoje, agora. Exatamente como no dia em que inaugurei a empresa e senti que ela seria uma das melhores do ramo. Hoje isso é um fato incontestável, e trabalhamos incansavelmente para melhorar muito mais a capacidade e a qualidade de serviços da Linkfort”, arremata.


0 visualização

Editor: Aristides Barros 

Co-editor: Joacir Gonçalves 

Contato: redacaoefeitoletal@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube